A passos lentos, recuperação dos derivados deve ficar para 2022

Segundo relatório da S&P Global Platts, demanda por gasolina e diesel no Brasil e na A. Latina permanece abaixo de níveis pré-pandêmicos

A demanda brasileira por gasolina e etanol em 2021 deve ficar abaixo dos níveis pré-pandemia, com crescimento entre 40 e 50 mil barris de gasohol equivalente por dia (bge/dia) ante 2020. A avaliação é do analista da S&P Global Platts, Lenny Rodrigues, em relatório sobre o mercado na América Latina. A lenta recuperação no mercado…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também