Acordo de escoamento do gás do pré-sal é apenas o primeiro passo, diz Petrogal Brasil

O acordo não significa, entretanto, a redução dos níveis de reinjeção do gás nos poços produtores, alerta o CEO da Petrogal

Após a Petrobras anunciar, na última quarta-feira (30/9), o acordo de compartilhamento de suas infraestruturas de escoamento e processamento de gás natural junto a três de suas sócias no pré-sal da Bacia de Santos – Shell, Galp e Repsol Sinopec -, o presidente da Petrogal Brasil, Miguel Pereira, afirmou que um importante passo foi dado em…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também