ANP encerra contrato da Maha no Recôncavo

Bloco REC-T-224 estava com período exploratório suspenso devido ao atraso para obtenção de licença ambiental

A diretoria da ANP determinou, na quinta-feira (15/4), a extinção contratual e execução das garantias financeiras do bloco REC-T-224 (concessão BT-REC-46), operado pela Maha Energy na Bacia do Recôncavo, com 100% de participação. O contrato estava suspenso desde novembro de 2013, devido à demora para a obtenção do licenciamento ambiental pelo Instituto do Meio Ambiente…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também