Aprovado o marco regulatório da produção de derivados de óleo e gás

Preparando terreno para os desinvestimentos da Petrobras, norma aprovada pela ANP uniformiza e atualiza três resoluções e duas portarias que regulamentam o downstream

Com uma pauta recheada na reunião de quinta-feira (23/9), a diretoria da ANP aprovou o marco regulatório da produção de derivados de petróleo e gás natural. Entre as novidades da resolução está a dispensa de autorização de construção para instalações produtoras e a previsão de acesso de terceiros a unidades de processamento de gás natural…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também