Copel elevará geração em 5.000 MW com parcerias

A Copel já assinou sete contratos para criação de consórcios que irão disputar as próximas licitações de usinas hidrelétricas e também terão participação nas privatizações de empresas estatais. No alvo da Copel estão a Cemat e a Enersul, além da estratégia, de imediato, de ampliar seu raio de atuação para os estados vizinhos ao Paraná.…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também