CPI dos Royalties da Alerj tem prazo prorrogado

Instituída em 10 de março para investigar a queda na arrecadação no primeiro trimestre do ano, a comissão tinha prazo inicial de 90 dias

Os integrantes da CPI dos Royalties da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) decidiram prorrogar o prazo dos trabalhos em mais 60 dias. Instituída em 10 de março para investigar a queda na arrecadação de royalties e participações especiais no primeiro trimestre do ano, a comissão tinha prazo inicial de 90 dias…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também