De Pelotas a Barreirinhas: TGS e CGG preparam sísmicas no Brasil

TGS quer cobrir 114 mil km² em Pelotas, além de pesquisa em Santos que inclui áreas fora da Zona Econômica Exclusiva; CGG prevê quatro projetos em Barreirinhas, Espírito Santo, Campos e Santos

Durante o segundo semestre deste ano, as empresas Spectrum Geo, CGG e TGS submeteram ao Ibama seis projetos para aquisição de dados sísmicos nas bacias de Pelotas, Santos, Campos, Espírito Santo e Barreirinhas, com início estimado entre 2021 e 2023, segundo informações obtidas pelo PetróleoHoje via Lei de Acesso à Informação (LAI). Adquirida pela TGS…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá! posso te ajudar?