Demanda por produtos refinados em 2050 será menor do que a de 2019, diz IHS Markit

Pela primeira vez na história, a aceleração da transição energética afetará o consumo de derivados de petróleo

Em análise divulgada pela IHS Markit, na segunda-feira (13/9), a demanda global por produtos refinados de 2050 será inferior aos níveis de 2019. De acordo com a pesquisa, a demanda terá seu pico em 2036. Segundo o levantamento, a principal explicação para tal fenômeno é a intensificação do processo de descarbonização da economia. A vice-presidente…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também