EUA retornaram ao status de importador líquido de petróleo por um breve período

Análise da EIA mostra que, durante os meses de maio e junho, a pandemia de Covid-19 alterou a balança comercial do país

Os EUA retornaram, brevemente, ao status de importador líquido de petróleo em maio e junho deste ano, depois de um período de sete meses consecutivos (de outubro de 2019 a abril de 2020) de exportações líquidas. A análise é da Energy Information Administration (EIA). As importações líquidas de petróleo dos EUA foram, em média, de…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também