Notícias diárias e fatos da indústria de Petróleo

Mundo offshore na quarentena: como evitar problemas e lidar com a saúde mental?

Empresas do setor começaram a se conscientizar de que há muito mais do que apenas o apoio psicológico oferecido às equipes

O mundo offshore está sofrendo como nenhum outro consequências da pandemia da Covid-19. A maior parte dos colaboradores das empresas – em especial aquelas que trabalham com a Petrobras – são obrigados, antes de embarcar, a ficar de quarentena.

Embarques de 14 dias (ou mais longos), isolamento da família, falta de privacidade, exigência de alta produtividade e pressão intensa de trabalho combinados a um espaço confinado, já por si só, criam impactos nos colaboradores do mundo offshore.

E, agora, o que fazer? Como lidar com a saúde mental nas empresas e proteger de problemas na segurança por estresse? Afinal, a saúde é um divisor de águas. Estar em equilíbrio pode ser a diferença entre um dia normal de trabalho e um desastre por descuido.

Apesar da natureza do mundo offshore, as empresas do setor começaram a se conscientizar de que há muito mais do que apenas o apoio psicológico oferecido às equipes.

E, junto ao aumento da conscientização sobre o impacto da saúde mental nos resultados do trabalho, organizações do setor têm estudado as melhores saídas para apoiar os times fragilizados.

O que seria recomendado? A Covid-19 exigiu rápidas mudanças e uma nova abordagem para novas questões: é importante ter visão mais ampla da saúde. Mantê-la integrada é combinar componentes de contenção de estresse com ferramentas de motivação e injeção de ânimo. É fundamental gerar uma cultura de bem estar para o mundo offshore.

Estudos comprovam que a saúde está não apenas em cuidar de corpo (fisicamente) e mente (psicologicamente), mas alimentar ambos com novas dimensões de conhecimento e vivências. Por isso é tão importante incluir atividades na sua empresa para promover a saúde nas empresas de uma forma vasta e mais abrangente. Saúde que signifique bem estar e força mental para enfrentar os desafios do momento.

1. Exercícios físicos e relax mental: combinação para o bem estar integrado

Incluir na quarentena atividade física indoor guiada por um profissional de educação física que combine ânimo físico e mental e, em paralelo, atividades de gestão de estresse como mindfulness reforça a energia vital das equipes offshore.

Essas atividades podem ser feitas coletivamente, através de aulas ao vivo ou gravadas. Aulas de bem-estar podem contemplar não só mindfulness como ioga e meditação que já têm resultados comprovados na gestão do estresse.

Além disso, quem sabe a empresa possa contribuir oferecendo, além de exercício físico com hora marcada, vídeos e material que ensinem boas práticas?

2. Aprendizado coletivo: reunir-se com colegas, aprender e se divertir ao mesmo tempo

Promover atividades em grupo de aprendizado torna mais prazeroso o processo da quarentena dos colaboradores offshore.

Aulas coletivas de inglês para brasileiros e português para os estrangeiros que trabalham offshore podem ser um grande ganho para os times que se reúnem e têm o objetivo comum de se desenvolverem. Além de auxiliar na comunicação offshore, as aulas devem ter um caráter mais recreativo, os professores precisam entender o papel motivador que representam neste cenário.

Não só idiomas: aulas de desenvolvimento pessoal, fotografia de celular, aulas de Storytelling, inteligência espiritual (QS – que estuda novas habilidades do ser humano) podem criar momentos de grande incentivo e motivação para o time e ajudam também no efeito “Team Building” – reforço do sentimento de pertencimento ao grupo.

3. Encontros online

Criar momentos de lazer online pode quebrar a rotina e fazer a diferença: festa “julina”, encontros virtuais, cafés da manhã com um tema contribuem para a interação e relaxamento dos colaboradores.

A SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) é também o momento certo para promover a reciclagem dos conhecimentos.

Entender que novas práticas de saúde integral podem transformar positivamente o momento em que vivemos é essencial para as empresas do mundo offshore.

Essa é a melhor forma de garantir o trabalho realizado com segurança e uma equipe saudável e motivada.

Vera Lorenzo é especialista em Recursos Humanos, com 25 anos de experiência no mercado. É fundadora e CEO da Fala Company (Foreign Affairs Company)

você pode gostar também