OTC Brasil 2023

Petrobras não recupera sozinha a indústria naval, diz diretor

O papel da empresa na retomada do setor é se aproximar dos fornecedores, segundo Carlos Travassos, responsável pela área de Engenharia da estatal. Ele convocou a indústria nacional a aproveitar as vocações regionais

b


A Petrobras “não pode sozinha recuperar uma indústria, mas pode colaborar”, afirmou o diretor de Engenharia, Tecnologia e Inovação da empresa, Carlos Travasso, a uma plateia de fornecedores, durante a Offshore Technology Conference (OTC). O executivo se referia, principalmente à retomada da indústria naval e da sua cadeia fornecedora.

“Os requisitos que a Petrobras coloca no seu certamente, de alguma forma, ajuda os fornecedores nacionais”, acrescentou Travassos.

O principal papel da companhia nesse processo, segundo o diretor, é mostrar a demanda do que pode ser feito no Brasil e se aproximar do mercado fornecedor. Em contrapartida, o dever de casa das empresas é aproveitar suas vocações, inclusive regionais.

Ele contou ter visitado o Brasfels, em Angra dos Reis (RJ), há duas semanas, e que encontrou um grande número de trabalhadores ativos no estaleiro.

Em sua palestra, o executivo disse também que, para a Petrobras, as prioridades na contratação de fornecedores são o cumprimento de prazos e preços. Além disso, ressaltou que o Estado é o principal agente indutor do desenvolvimento industrial.

“Cabe o movimento, que tem acontecido, do governo, BNDES e empresas, de viabilizar a possibilidade de fazer esse trabalho. O principal papel da Petrobras é mostrar a demanda, conversar, estar próximo dessas entidades”, disse.

Investimento

O planejamento estratégico da estatal para o período de 2024 a 2028, previsto para ser divulgado em novembro, vai revelar uma aceleração dos investimentos no segmento de tecnologia e inovação na exploração e produção de petróleo e gás. A área terá mais peso do que a de transição energética, para qual devem ser reservados de 6% a 15% do orçamento, de acordo com o diretor da estatal.

“Naturalmente, esse futuro depende de fatores exógenos e estamos atentos a isso, com responsabilidade com os nossos acionistas”, afirmou Travassos, durante a abertura do ‘Prêmio Melhores Fornecedores da Petrobras’, durante a OTC.


você pode gostar também
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá! posso te ajudar?