Rystad Energy alerta para superávits na produção em 2021

Excesso estimado é de 200 milhões de barris entre janeiro e maio do ano que vem, caso os cortes da Opep+ não sejam alterados

Com a segunda onda de contaminações por Covid-19 e, por consequência, do retorno dos lockdowns em vários países e regiões, a Rystad Energy estima que, se a Opep+ reduzir o corte de produção em janeiro de 2021 como planejado pelo acordo de cooperação, o mundo enfrentará um novo superávit de produção de 200 milhões de…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
você pode gostar também